Gestão de Pessoas em Empresas Contábeis

August 18, 2017

Neste primeiro post compartilho a conclusão de minha monografia Gestão de Pessoas em Empresas Contábeis finalizada em 2011, visto que pelo que tenho acompanhado, não houve mudanças significativas sobre o assunto abordado.

 

Após análise de todas as colocações deste estudo, percebe-se que a gestão de pessoas moderna poderá ser aplicada em empresas independentemente de seu ramo.As pessoas são os ativos principais das organizações e as empresas contábeis devem investir nas pessoas para que o o cliente agregue valor aos serviços prestados.

 

Neste estudo as empresas não são consideradas "escritórios de contabilidade", onde os serviços e decisões estão centralizados em uma pessoa. Podemos observar que são "empresas contábeis" que tem uma atuação diferenciada, onde os departamentos são responsáveis pela execução dos serviços, cabendo ao gestor de cada área a gestão das pessoas envolvidas no processo, juntamente com o apoio do gestor de recursos humanos. Foi possível identificar que as pessoas são tratadas como patrimônio das empresas e existe uma cultura de aprendizado e conhecimento a fim de que o cliente seja orientado conforme as demandas de mercados, legislações e exigências do governo.

 

As pessoas devem ser desafiadas e provocadas a fim de interagirem com o novo posicionamento do profissional contábil na gestão de seus clientes que a cada dia se torna mais exigente e as empresas contábeis devem estar preparadas para" aprimorar este relacionamento, através do conhecimento (pessoas), processos bem estruturadas e tecnologia de ponta. Estas pessoas devem ser criativas, com iniciativa, liberdade de atuação, comprometimento, que busquem desenvolvimento contínuo e são responsáveis pelo crescimento sustentável da empresa contábil. Deste modo, as empresas contábeis devem investir nas pessoas, criando oportunidades de desenvolvimento e"alternativas de retenção de talentos.

 

Identificou-se programas de gestão de pessoas implantados ou em implantação que servirão de comparativo e modelo para outras empresas contábeis, que não acreditam que seja possível gerir pessoas de modo que elas permaneçam na sua empresa e contribua com o desenvolvimento organizacional. Além disso deve-se destacar a importância de uma pessoa assumir o papel de gestor de pessoas em uma empresa contábil e juntamente com os demais 48 gestores, com base nas estratégias empresarias, possa implantar políticas que venha de encontro com as expectativas das pessoas.

 

Os gestores das empresas contábeis tem o grande desafio de administrar todas as atividades voltadas aos seus clientes através de pessoas, alinhando os processos e informações de modo que o cliente interno e o cliente externo tenham sucesso nesta relação e a empresa cresça de um modo sustentável e confiável. Administrar esta relação não é tarefa fácil, pois de um lado tem-se o cliente que são os responsáveis pelo envio de informações para a geração corretas das informações ao fisco e de outro lado o colaborador que necessita interferir no cliente para adequá-lo e atender as exigências da contabilidade atual.

 

O gestor serve como mediador neste processo, analisando as necessidades de ambos, com base nas estratégicas e visão da empresa contábil, apostando que através das pessoas pode-se crescer e ganhar competitividade no mundo dos negócios. È imprescindível que o gestor fidelize sua equipe de trabalho, para que ela fidelize o cliente, através de uma prestação de serviço com qualidade, comprometimento e envolvimento como um todo.

 

A atração e retenção de talentos é um grande desafio nas empresas contábeis, pois a disputas de talentos com grandes empresas de consultorias e multinacionais. Deste modo as empresas contábeis devem oferecer perspectivas de futuro as funcionários através de avaliações periódicas, cargos e salários e definição de metas. O desenvolvimento e aprendizado técnico e comportamental é o fator primordial para a prestação de serviços com qualidade nas empresas contábeis, onde são desenvolvidas mão-de-obra própria através de capacitação de profissionais principalmente em início de carreira.

 

Conclui neste trabalho, que os profissionais formados em gestão de pessoas que buscam novas oportunidades, tem muito trabalho a realizar na empresas contábeis, visto que os desafios são os mesmos: buscar, desenvolver e manter talentos. Além da concentração em administrar a folha de pagamento de seus clientes, poderão implantar políticas de gestão de pessoas/recursos humanos que servirão de embasamento e modelo aos seus clientes. As empresas contábeis pesquisadas utilizou de boas práticas herdadas de grandes empresas e implantaram uma estrutura de gestão de pessoas, respeitando as limitações e fazendo adaptações as suas necessidades e ao seu público interno.

 

 

 

 

Facebook
Please reload

Post em Destaque

Contratou? E agora?

June 12, 2018

1/1
Please reload

Postagens Recentes

June 12, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload